6 Maio 2022

Construindo uma ponte com a comunidade LGBT

North America
Format: Videos / Audio
Type: Communication
Organisation: Organisation / Association /Movement

O documentário ‘Building a Bridge’ (Construindo uma Ponte), de Evan Mascagni e Shannon Post com Martin Scorsese como produtor executivo, acompanha o padre James Martin no seu apelo a uma maior aceitação da comunidade LGBTQ na Igreja Católica.

Em declarações à Comissão de Comunicação do Sínodo, o padre James Martin, diz esperar “que este novo documentário sobre como a Igreja está a chegar aos católicos LGBT possa ser um contribo para a viagem sinodal da Igreja”. 

“Durante o Sínodo, fomos convidados a ouvir as vozes de todas as pessoas, mesmo daquelas que por vezes foram ignoradas, excluídas ou mesmo rejeitadas pela Igreja.  Devemos ir às periferias, como disse o Santo Padre.  E talvez não haja outro grupo tão nas periferias da nossa Igreja como o das pessoas LGBT”, afirma o padre James Martin. 

O sacerdote jesuíta norte-americano é autor do livro “Building a Bridge: How the Catholic Church and the LGBT Community Can Enter Into a Relationship of Respect, Compassion, and Sensitivity” [Construindo uma ponte: Como a Igreja Católica e a Comunidade LGBT podem entrar numa relação de respeito, compaixão, e sensibilidade], escrito após o aniversário do tiroteio no clube noturno Pulse em 2016. O documentário surge no seguimento desta publicação.

A estreia da curta-metragem em video on demand na plataforma Gravitas decorreu a 3 de maio e será seguida de um lançamento na AMC+ a 21 de junho. A  estreia na TV Sundance decorrerá a 26 de junho. O documentário estreou no Festival de Cinema de Tribeca em 2021.

Em jeito de síntese, o padre James Martins refere que o documentário “convida-nos a ouvir as vozes dos fiéis católicos LGBT, bem como as das suas famílias e amigos, para saber como estão a tentar encontrar um lugar que naquela que é, afinal, também a sua Igreja”.

Além disso, sublinha o sacerdote, ‘Building a Bridge’ “mostra também a grande fé [desses fiéis], pois perseveram na Igreja apesar de anos de rejeição.  Espero que o documentário seja uma forma gentil, convidativa e acessível de a Igreja ouvir os seus irmãos e irmãs que são também filhos amados de Deus”.

O trailer do documentário

Sobre o livro

[GTranslate]